Review: Battlefront II (campanha)

Há cerca de uma semana concluí a campanha de Battlefield 1. Fiquei impressionado com o trabalho da EA, que trouxe uma imersão incrível no jogo e fez com que muito da 1ª Grande Guerra fosse passada pelo gameplay.

Não demorou para que a empresa me surpreendesse novamente com o modo campanha de Star Wars Battlefront II, que traz uma história inédita e completamente envolvente ao cenário criado por George Lucas.

 

Narrativa

A história contada em Battlefront II funciona como um episódio VI,5 (seis e meio). Seus eventos iniciam com a destruição da Estrela da Morte na lua florestal de Endor.

Você controla Iden Versio, uma agente do Império Galáctico, pertencente ao Esquadrão Inferno e filha do Almirante Garrick Versio, um dos homens de confiança do Imperador Palpatine.

d23-2017-battlefront-ii-orders-iden-versio

Após acompanhar a destruição da poderosa estação bélica, o esquadrão precisa sair de Endor para se reagrupar com as tropas imperiais. E é aí que tudo começa, dando ao jogador (expectador), pela primeira vez, a visão de como a Primeira Ordem teve início.

Iden tem participação ativa em tudo o que ocorre a partir daí e pode ser peça crucial  dos próximos filmes de acordo muitos fatores mostrados durante o game. Mas isso ainda é uma suposição!

Se for muito curioso, selecione o texto abaixo (em branco) para ver o spoiler:

Iden pode ser a mãe de Rey, pois ela e seu companheiro Del participaram da batalha de Jakku e, tempos depois, é revelado que eles têm uma filha.

 

Personagens, Veículos e Cenários

Mesmo sendo a protagonista da trama, Iden não é a única personagem jogável.

O modo campanha age como um verdadeiro fan service e permite que você assuma os controles de Luke Skywalker, Han Solo, Leia Organa, Lando Calrissian e, até mesmo, Kylo Ren.

Personagens

Os veículos também não ficam atrás. É possível controlar uma X-Wing, a Millenium Falcon, um Tie Fighter, um AT-ST e um simplório carro das nuvens, usado em Bespin.

Aliás, o planeta onde Han Solo é congelado em carbonita em O Império Contra-ataca é um dos cenários onde se passa a trama. Outros cenários utilizados nos filmes também marcam presença, como Endor, Jakku, Naboo,  Takodana e Skariff. Novos cenários também são apresentados e, para ser sincero, algo me surpreendeu: a ausência de Tattoine.

 

Jogabilidade

As mecânicas de Battlefront II são muito semelhantes às de seu antecessor.

É possível jogar em primeira ou terceira pessoa (obrigatória para todos os heróis), seguindo os mesmos comandos dos FPSs atuais.

As cartas de habilidades também estão presentes, podendo o jogador customizar quais estarão e uso e acionando-as durante o gameplay.

A diferença das mecânicas para cada um dos personagens jogáveis é outro ponto que marca o game. Mesmo usando sabres de luz, Luke e Kylon Ren possuem estilos de jogo muito peculiares. O mesmo ocorre com Leia, Solo e Lando.

 

Conclusão

Resumindo e me segurando para fazer um texto sem spoilers, a campanha de Star Wars Battlefront II pode ser considerado um filme do universo canônico de Star Wars, sendo (acredito) um importante diferencial para assistir o episódio VIII, que estará nos cinemas em menos de um mês.

Ao que parece, a Disney está levando a sério recriar com muita qualidade do Universo Estendido, fazendo com que o jogo traga muitas novidades até para quem é fã da franquia há décadas, como é meu caso.

Star Wars Battlefront, em resumo, é o Rogue One de 2017!

Allons-y e que a Força esteja com vocês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s