Roomcast 140 – Play Score

O Roomcast desembarca no mês de março com mais uma super novidade: o Play Score.
Nesse podcast especial Casão, Mr. TLX e Wild falam suas listas dos melhores RPGs que já jogaram. Com títulos de várias gerações, o papo é um convite para a nostalgia ou para tirar da estante aquele game que você está negligenciando na atual geração!
Aproveita e conta seu TOP 3 pra gente!

Duração: 01:26:56

Download do episódio

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. fabriciokarim77 disse:

    Meu Top 3 RPGs é formado por:

    3 – Phantasy Star 4: Este foi o primeiro RPG que terminei, ainda no Megadrive. Foi o primeiro jogo com cutscenes que joquei, lembrava mais uma HQ animada. Isso valorizava muito os momentos mais importantes da histórias. Foi a primeira vez que vi um personagem jogavel morrer. A mercenária que o adotu e te treinou é ferida ti protegendo, você vai procurar ajuda mas nem o mago mais poderoso que você conhece pode cura-la. Este evento causa o amadurecimento do protagonista.
    2 – Star Ocean 3: O RPG de PS2 que mais joguei. Ele tem os melhores personagens da série, principalmente Maria, a personagem amis inteligente que vi num RPG; e isto fica visivel pelas ações dela, não por outro personagem tentando te convencer disso. Tem o melhor sistema de combate, que permite jogar com apenas um personagem, transformando o jogo num beat´em up.
    1 – Mass Effect 2: Quando a saga da Shepard apareceu na retrocompatibilidade via EA access, eu assinei o serviço e terminei a trilogia novamente. Toda a franquia é excelente mas o 2 e o 3 estão em outro nível. O 3 faz um serviço fantástico ao concluir vários arcos, destaque para o desfecho do caso Quarians x Geth e principalmente, o Genophage. O que faz o 2 ser melhor que o 3 é a missão suicida; não importa quantas vezes eu a jogue, sempre será tenso.

    Como consequencia, tento jogar qualquer coisa relacionado com estas franquias. #sci_fi_4ever

    Notas:
    Esta faltando nesta lista Dragon Force do Saturn. Ele se intitula Estrategia/RPG, mas como ele é muito mais estratégia do que RPG, ficará para outra lista.
    O Shining Force de Saturn também permitia passar seu save entre os 3 jogos. Infelizmente o episódio 2 e 3 só foram lançados no Japão pois o console já estava sendo abandonado pela Sega.

    —-

    Quanto ao Sword Art Online: Fatal Bullet estou transmitindo praticamente todo dia no meu canal no Mixer (mixer.com/FabricioKarim77). Segue algumas informações:
    O jogo é singleplayer mas tem modo multiplayer: um 4×4 e um boss mode coop. Talveź abra outros modos posteriormente.
    Cria-se o seu próprio personagem e também o seu compenion. Pode-se distribuir atributos, comprar skills, fazer upgrade e transferir bonus de uma arma para outra.
    Por enqunto a história não é nada especial, ouvi que melhora da metade para frente. Porém a interação entre o seu personagem e os personagesn do anime é bem desenvolvida.
    O ponto forte é o gameplay. É baseado em loot, mais para Borderlands e Diablo do que Destiny; a mesma arma pode “dropar” em diferentes raridades, quanto mais raro, mais bonus a arma tem.
    Não jogo outro jogo a 10 dias.

    Curtir

  2. Anderson Lage disse:

    Fui pego desprevenido novamente. Kkkkkkk

    E aqui também o link para o download se encontra inativo.

    Um abraço.

    Curtir

    1. n3games disse:

      Resolvido! 😁

      Curtir

  3. Anderson Lage disse:

    Olá, amigos!

    Agora sim, estou devidamente atualizado com os podcasts. Hahahaha

    Vou aproveitar para falar tanto do podcast passado, quanto deste. Vamos lá.

    Ainda não tenho um VR, e vendo o Casão falar dele, só faz aumentar minha vontade de tê-lo o quanto antes.
    Agents of Mayhem eu não tive o interesse de jogar ainda, mas vamos ver no futuro.
    Resistance 2 é ainda o meu favorito da série seguido de perto pelo Retribution de PSP.

    Estou ainda jogando Grand Kingdom, mas menos do que antes, e peguei mais firme o Odin Sphere. Acabei deixando o Legacy of Kain de lado, e agora que os servidores do Demon’s Souls foram desativados, acredito que ele esteja jogável.

    Sobre o atual…

    The Witcher 3 é de longe, o melhor jogo que joguei nessa geração, estou com 106 horas de jogo, e nem sei se estou perto de terminar. Sério mesmo, Casão tô contigo. Até os livros comprei também, e os gibis. Dúvida, ficou putaço da cara toda por terem dividido o último livro em dois volumes?
    Final Fantasy IX eu vi na época, mas não tive a oportunidade de jogar, e hoje em dia eu já não tenho o tempo para poder jogá-lo de fato.
    Chrono Trigger, eu já gostei MUITO, no passado. Conheci através de emuladores, joguei a rom traduzida, e realmente gostei muito do jogo, mas só fui terminá-lo há uns 3 anos. E para mim, a reta final do jogo, após a partida do Crono o jogo fica bem massante. Ainda preciso rejogá-lo para ter certeza.

    Final Fantasy VII, o mesmo do FFIX, com a diferença de eu ter jogado umas 20 horas do primeiro CD.
    Pokémon Crystal também joguei MUITO em emulador, mas nunca salvei. Acho os jogos do pokémon muito gostosos de jogar, mas ainda quero um nintendo 3DS para poder jogar todos, devidamente em modo portátil.
    Bloodborne estou jogando com um amigo, e realmente é um senhor jogo. Gosto tanto quanto gostei do Demon’s Souls, embora tenha achado mais fácil. Mais um que preciso salvar.

    Lost Dimensions tive a oportunidade de pegar em algumas flashes da PSN, mas nunca peguei porque nunca tinha entendido como ele funcionava e não queria me arriscar. Obrigado Wild pela recomendação.
    Ys VII eu AINDA NÃO COMPREI!!! Choro largado. Amo Ys de paixão. E a trilha sonora de todos os jogos da série são divinas. Ah Deus… QUERO.
    Mass Effect 2 é ainda o meu favorito da série. Foi o primeiro que joguei, assim que lançou para o PS3, e realmente, muito bom. Esse eu salvei. Ehehehe Ainda preciso salvar o 3, mas fiquei triste depois de salvar o 1 e carregar meu save no 2, e ver que o meu personagem voltou pro nível 1. Fiquei triste.

    Agora o meu top 3, que é o que realmente interessa. Ui.

    3º – Final Fantasy Adventures/ Adventures of Mana – joguinho fantástico do Gameboy com um remake delicioso para o PS Vita. E foi o primeiro jogo em que vi o herói não ter o final feliz que torcia durante todo o jogo, e isso em um jogo de 1991.

    2º – Ys Seven – caralho, como esse jogo é bom. BOM! Ainda hoje é o melhor Ys da série, mas preciso jogar o VIII que têm falado muito bem, mas enquanto isso não rola, Ys Seven reina supremo no topo da minha lista de jogos do Ys.

    1º – Não poderia ser outro senão Vagrant Story. Porra, como eu gosto desse jogo. Até hoje não o salvei, mas como eu gosto de tudo nele. Foi a primeira vez que eu joguei um jogo e pensei que parecia um filme! Metal Gear Solid fui jogar anos depois, mas ainda assim, os efeitos de luz que usam nas cenas de Vagrant Story são de dar um banho em Metal Gear Solid.

    E é isso. Desculpa pela sumida na semana passada, tava uma correria doida. E como sou novo no mundo dos podcasts, eu não sei como funcionam os chamados agregadores, se puderem dar algumas dicas em um podcast futuro, eu agradeceria, pois ainda dependo muito dos links para download no site.

    No mais, um abraço meus amigos queridos, e continuem com o ótimo trabalho.

    Um abraço!

    Até o próximo cast!

    Curtir

    1. Anderson Lage disse:

      HAH!

      Momento vergonha alheia;

      Sim, sou eu. Há 9 anos atrás. Contando um pouco da minha saga com Vagrant Story, e consequentemente como consegui minha cópia original dele.

      E agora bateu uma dúvida se troco o FFA/AoM por Kingdom Hearts… Mas vou mantê-lo. Beijos.

      Curtir

  4. Pedro Almeida disse:

    Olá a todos, infelizmente não tenho muito tempo para jogar na minha semana e como bem sabemos os RPGs podem passar fácil de 60 horas para zerar. Tempo de gameplay ao qual levaria por volta de uns 2 meses para conseguir completar. Por conta disso, não possuo tantas opções para a minha lista, mas vamos lá. Serei bem breve.

    1. Skyrim – Acredito que nem preciso explicar esse. Não consegui chegar a finalizar a história principal, mas gostei muito.

    2. Baldur’s Gate – Consegui jogar boa parte graças a versão mobile, também não cheguei a zerar, mas pretendo. É uma experiência incrível para quem conhece RPG de mesa, principalmente D&D.

    3. The Witcher – Por mais incrível que possa parecer não estou me referindo ao terceiro e sim ao primeirão mesmo. Gostei demais do jogo, inclusive de sua mecânica extremamente criticada. Já conhecia a série pelos livros e achei uma incrível adaptação do universo. Possuo o 2 e o 3 parados aqui, ainda os jogarei quando tiver tempo.

    É uma lista humilde, mas pretendo melhorá-la e atualizá-la ainda. Excelente podcast e abraços.

    (Se aparecer comentários repetidos é porque o WordPress deu uma bugada.)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Mr_TLX disse:

      Fala Pedro , ótima lista hein . Obrigado pela participação !

      Curtir

  5. Leonardo Teixeira disse:

    Meu Top 3 RPGs?

    3 – Skyrim

    2 – Fallout 3 e New Vegas

    1 – Trilogia Mass Effect

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s